Dicas para você curtir o carnaval numa boa

No carnaval é necessária atenção especial com a alimentação, reposição de líquidos, comportamentos sexuais, uso de bebidas alcoólicas, dentre outros riscos típicos do feriado mais famoso do país.

Alimentação
O carnaval pode ser considerado uma maratona e, por isso, exige alimentação reforçada. Na véspera da folia, recomenda-se consumir mais carboidratos, como arroz, pães, macarrão, batata e aveia. Dê preferência às versões integrais, que sustentam por mais tempo. Imediatamente antes da folia, são recomendadas as frutas, pois são ricas em água e sais minerais. Depois da maratona, além de consumir carboidratos, proteínas também são importantes, e podem ser encontradas em carnes magras, ovo e feijão.

Hidratação
Esse é um dos pontos mais importantes para se manter saudável. Recomenda-se que, entre três e quatro horas antes da maratona, o folião consuma de 250 a 500 ml de água, sucos ou água de coco. Durante a folia, o ideal é beber de 150 a 200 ml a cada 15 minutos a meia hora. Bebidas energéticas e esportivas são uma boa opção, mas existe um alerta para as bebidas energéticas que contêm cafeína, pois aumentam a perda de líquidos do organismo, merecendo hidratação em dobro.

Lesões musculares
O carnaval é uma época do ano em que as lesões de músculo se tornam mais comuns. Essas lesões podem ser divididas em dois grupos: lesões traumáticas decorrentes de acidentes e as lesões traumáticas ou por sobrecarga, decorrentes da maior atividade física sem o preparo adequado. Pessoas com sobrepeso, sedentárias e que já apresentam problemas musculares são o grupo de maior risco e, portanto, devem ter mais cuidado. Use um calçado adequado, de preferência um tênis confortável, e faça exercícios de alongamento e um aquecimento antes do desfile.

Bebidas alcoólicas
Lembre-se que o uso de bebidas alcoólicas excessivo pode abreviar a folia e, até mesmo, causar tragédias. Mantenha-se sempre hidratado e não beba de barriga vazia. E não se esqueça da regra de ouro: se beber não dirija!

Dicas de saúde para o carnaval: DST e AIDS
A sensação de liberdade típica do carnaval, associada ao consumo excessivo de álcool, também aumenta as chances de contrair doenças sexualmente transmissíveis, dentre elas a AIDS. É fundamental ter sempre em mãos a camisinha!

Lembre-se
É fundamental ter limites e não exagerar a ponto de ficar tão mal e deixar de curtir o carnaval. Pode beber, comer, se divertir, dançar, mas com uma certa dose de moderação. O carnaval é uma data do ano que proporciona alegria, festa, farra, dança, samba, momentos de soltar todos os bichos, mas, para que isso não traga nenhuma consequência negativa, temos que nos cuidar. Siga essas dicas e tenha um ótimo carnaval!

Pré-agendamento Exames





×
Marcação pelo What´s App

Envie uma mensagem para o número 21 99791-6075 com o nome completo do paciente, exame que deseja realizar e uma foto do pedido médico.

Nossas atendentes retornarão o contato pelo próprio aplicativo, oferecendo os horários disponíveis e terminando o processo de agendamento.

×